No último post vimos como tocar blues no violão. Agora aprenderemos a usar o breu corretamente.

O breu é basicamente composto por resina e serve para gerar adesão entre o arco e as cordas do violoncelo ou violino, ajudando no manuseio do arco e produzindo assim um som mais bonito.

Lembrando que se você quiser comprar um breu, um violino ou violocelo, passe na Simili Música, a melhor loja de instrumentos musicais de Balneário Camboriú / SC.

Existem vários tipos e marcas de breus no mercado, para todos os gostos e bolsos, no entanto devemos nos atentar para alguns aspectos antes comprá-lo, como por exemplo: o tipo de corda que você usa (alumínio, aço, perlon ou tripa), tipo de arco (crina animal ou sintético), o clima de onde o músico toca e até mesmo a questões alérgicas.

Pois bem, certamente você já percebeu uma diferença de cor entre as várias marcas de breus à venda. Isso se deve ao fato de algumas composições conterem mais álcool que as outras, resultando em breus negro, intermediário e amarelo.

Na prática, usa-se o breu mais escuro para cordas de aço, que não precisam de um poder de aderência muito forte e o breu mais claro para cordas sintéticas que exigem uma adesão maior. Deve-se levar em conta também, que breus escuros não soltam tanto pó e por isso são indicados para quem tem alergia.

A escolha do breu ideal é muito pessoal e não deve ser feita apenas com base nas dicas anteriormente dadas, mas também na qualidade do produto que vai variar de acordo com a marca e preço. O violinista iniciante terá bastante tempo e quebrará muitos breus até achar aquele com o qual se dá melhor e que auxiliará na obtenção do melhor som do seu instrumento.

Utilizando o Breu da Maneira Correta

Se o breu é novo, deve-se antes de tudo passar uma lixa grossa sobre a superfície a ser utilizada, pois ele vem liso da fábrica, o que dificulta na ação do arco.

Em seguida aperte o arco até o ponto em que a crina não toque na madeira e então passe o arco sobre o breu (deve-se passar o arco sobre o breu e não o breu sobre o arco), fazendo movimento não muito rápidos e lembre-se de virar o breu regularmente para que a crina não passe em um só lugar, formando assim um “caminho” e diminuindo a vida útil do produto.

O mais indicado é que se passe primeiro na ponta, em seguida no talão e por último no meio do arco. Não existe uma quantidade padrão, pois isso varia de músico para músico, porém o excesso de breu pode produzir um som “areoso” e com apitos.

Ao finalizar, afrouxe um pouco o arco e belisque a crina para retirar o excesso, em seguida afrouxe totalmente até que os fios fiquem afastados e então sacuda cuidadosamente a crina para espalhar o pó também entre os fios de trás. Lembre-se, abusar da quantidade de breu não fará com o que o som do seu instrumento melhore, muito pelo contrário. Passar breu uma vez por semana é mais que o suficiente, sendo que muitos profissionais fazem menos uso dele que isso.

Misturar várias marcas de breu em um arco também pode prejudicar a sua qualidade, se isso acontecer recomenda-se a lavagem da crina.

Fonte: Sobre Violino

Curso de Violoncelo em Balneário Camboriú / SC

Se você quer aprender a tocar violoncelo em Balneário Camboriú, a melhor opção é o curso da Simili Ensino Musical. As aulas de todos os instrumentos musicais, entre eles o violoncelo, são semanais com duração de 50 minutos cada e você ainda tem livre acesso a participar das aulas de Teoria Musical e de Canto Coral Infantil ou Adulto, além de concertos, masterclass, prática de banda e aulas quinzenais gratuitas de apreciação musical para toda a comunidade.

As salas de aula são desenvolvidas para o melhor aproveitamento do ensino musical, paredes tratadas acusticamente, salas climatizadas, monitoradas por câmeras e com instrumentos novos.

Nosso corpo docente é constituído de professores altamente qualificados e com grande formação musical, entre eles, mestres, doutores e alguns com carreira internacional.

A metodologia de ensino é extremamente eficiente e focada na técnica do instrumento, onde as aulas instrumentais são individuais e as complementares são em grupo visando uma melhor formação.

Faça a sua matrícula ou caso ainda esteja em dúvida, faça uma aula experimental. Curso de violoncelo, em Balneário Camboriú, é na Simili Música.

Pré-Inscrição

Faça sua pré-inscrição em um de nossos cursos e entraremos em contato para efetivar a sua matrícula!